Publicidade
Publicidade

Charlize Theron
Charlize Theron

Biografia
Charlize Theron começou como modelo aos dezesseis anos, quando ganhou um concurso local, o que a fez ir para os Estados Unidos. Mas ela não gostava da carreira de modelo, e tentou a sorte como dançarina, mas uma lesão no joelho impediu-a de continuar. Foi quando Gerda, sua mãe, comprou uma passagem para com destino a Los Angeles, para que tentasse a carreira de atriz.
Após falar com vários agentes sem obter sucesso, Charlize foi a um banco descontar um cheque que sua mãe havia passado e o banco não aceitou pois era um cheque de outro estado. Mas ela ficou indignada e fez uma cena, chamando a atenção de todos, inclusive de um agente que lhe deu um cartão seu. Pouco tempo depois ela estreava em um filme B, sem ter fala e aparecendo apenas alguns segundos. Mas esse papel a levou a "Helga" em Contrato de Risco, que a levou a The Wonders - O Sonho Não Acabou, dirigido por Tom Hanks. Depois disso fez grandes filmes como O Advogado do Diabo, Monster - Desejo Assassino (pelo qual ganhou o Oscar de Melhor atriz de 2003) e o mais recente Terra Fria (concorreu a Oscar de Melhor atriz em 2006). Em 2012 Charlize foi chamada para contacenar com Kristen Stewart e Chris Hemsworth no Suspense/Fantasia Snow White and the Huntsman como a rainha Ravenna, a madrasta de Branca de Neve (Kristen Stewart)
Um fato marcante em sua vida foi, aos 15 anos de idade, ter presenciado sua mãe matar seu pai em legítima defesa, quando este a atacou por estar alcoolizado.

Theron está envolvida em organizações pelos direitos da mulher, e marchou pelo direito ao aborto. Charlize também apóia os direitos dos animais e é membro ativa do PETA. Ela apareceu em um anúncio do PETA para a sua campanha antipeles. Também apóia o Democracy Now! e o Link TV. Também é a favor do casamento gay e esteve presente na marcha que aconteceu na cidade de Fresno, na Califórnia, em 30 de maio de 2009.

Aos dezesseis anos de idade, Theron viajou para Milão, na Itália, para um contrato de um ano como modelo, depois de ganhar um concurso local. Foi para Nova York com a agência Pauline's Model Management. Com o fim do seu contrato, decidiu continuar em Nova York, e frequentou o Joffrey Ballet School, onde iniciou suas aulas de balé. Porém uma lesão no joelho a impediu de continuar e ela encerrou sua curta carreira aos dezenove anos de idade. Incapaz de dançar, Theron voou para Los Angeles, com uma passagem comprada por sua mãe. Durante seus primeiros meses lá, foi para um banco para descontar o cheque que a mãe tinha enviado para ajudar com as despesas. Quando a caixa do banco se recusou a aceitar o cheque, Theron ficou indignada e fez uma cena, chamando a atenção de todos, inclusive a de um agente de talentos que entregou-lhe o seu cartão de visita e, posteriormente, a colocou em seu casting e numa escola de teatro. Após oito meses na cidade, foi escalada para seu primeiro filme, um papel pequeno e sem fala em Children of the Corn III de 1995. Mas, esse papel a levou a interpretar "Helga Svelgen" no filme Contrato de Risco, que a levou a The Wonders - O Sonho Não Acabou, dirigido por Tom Hanks. Suas chances aumentaram em Hollywood no final dos anos 1990 em filmes com bilheterias de sucesso como O Advogado do Diabo de 1997, Poderoso Joe de 1998, e Regras da Vida de 1999. Theron apareceu na capa da edição de maio de 1999 da revista Playboy em imagens pictóricas. Charlize depois alegou que as imagens dela nua não foram destinadas à publicação e apareceram na revista contra a sua vontade.
Depois de aparecer em alguns filmes notáveis, Theron estrelou como a serial killer “Aileen Wuornos" em Monster - Desejo Assassino de 2003. O crítico Roger Ebert disse, "um dos maiores desempenhos na história do cinema". Por este papel, Theron ganhou o Oscar de Melhor Atriz em fevereiro de 2004, bem como o prêmio SAG Award e o Globo de Ouro. Ela é a primeira sul-africana a ganhar o Oscar de Melhor Atriz. Esse prêmio colocou-a na lista de 2006 da The Hollywood Reporter, como uma das atrizes mais bem pagas de Hollywood, ganhando 10.000.000 dólares para ambos os filmes posteriores, Terra Fria e Æon Flux: Operação Terminus, ficando em sétimo lugar, atrás apenas de Halle Berry, Cameron Diaz, Drew Barrymore, Renée Zellweger, Reese Witherspoon e Nicole Kidman. Em 30 de setembro de 2005, Theron recebeu sua estrela na Calçada da Fama. Além disso, Theron recebeu indicação para o Oscar de Melhor Atriz por seu desempenho em Terra Fria. Ms. Magazine também homenageou Charlize por seu desempenho nesse filme.
Em 2005, Theron interpretou "Rita", na terceira temporada da aclamada série da FOX, Arrested Development. Também recebeu o Globo de Ouro e indicações ao Emmy por seu papel de "Britt Ekland" no filme de 2004 da HBO, A Vida e Morte de Peter Sellers. Em 2008, Charlize foi nomeada a Hasty Pudding Theatricals Mulher do Ano. Em 10 de novembro de 2008, o TV Guide informou que Charlize irá estrelar a adaptação cinematográfica de The Danish Girl com Nicole Kidman. Theron irá desempenhar "Gerda Wegener", esposa de "Einar Wegener"/"Lili Elbe" (Nicole Kidman), a primeira pessoa no mundo a sofrer cirurgia para mudança de sexo.
Em 2010 participou do clipe "Crossfire" de Brandon Flowers, vocalista da banda The Killers.

Após ter assinado um acordo com John Galliano, em 2004, Theron substituiu a modelo da Estónia, Tiiu Kuik como a porta-voz nos anúncios da J'ADORE, da Christian Dior. A partir de outubro de 2005 a dezembro de 2006, Theron ganhou 3.000.000 dólares para o uso de sua imagem na imprensa mundial para a campanha publicitária dos relógios Raymond Weil. Em fevereiro de 2006, ela e seus empresários foram processados por Weil, por violação de contrato.

Última atualização: 25/09/2013 00:00
Siga-nos
Facebook - Guia de Programação Twitter - Guia de Programação

Publicidade

Guia de Programação - 2019