Publicidade
Publicidade

Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi
Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi

Título Original: Star Wars Episode VI: Return of the Jedi
Ano de Lançamento: 1983
Gênero: Ação, Aventura
Duração: 134
Diretor: Richard Marquand

Sinopse
O Império constrói secretamente uma base na lua de Endor, que protege a nova Estrela da morte que ainda esta em construção e Imperador esboça um plano para acabar com a Aliança Rebelde de uma vez por todas. Darth Vader, sob as ordens do Imperador Palpatine prepara-se para reencontrar e trazer o seu filho à sua presença, para este último poder assim consumar o seu objectivo de destruir a Aliança Rebelde e o último cavaleiro Jedi de um só golpe.
Em Tatooine C-3po e R2-d2 estão a caminho do palácio de Jabba the hutt para entregar uma mensagem de Luke Skywalkerpara negociar a vida de Han Solo, dentro do palácio eles mostram a mensagem de Luke ao monstruoso alienigena Jabba, que vive rodeado de seus súditos, não aceita o acordo e fica com R2 e C-3po para si mesmo (pois Luke avia dado a ele como presente), enquanto Jabba se divertia com sua banda de musica alienigena, o caçador de recompensa Boushh aparece para lhe vender Chewbacca, que estava preso .Após Chewie ser trancado em uma cela, Boushh vai até Han Solo, que ainda estava congelado em carbonita, e o liberta e logo se revela se a Princesa Leia disfarçada, mas os dois são presos por Jabba .Na manha seguinte Luke chega ao palácio e faz uma ultima oferta a Jabba por seus amigos incluindo Leia, que havia sido obrigada a ser escrava sexual de Jabba, ele se recusa e joga Luke em um alçapão que o leva ao poço do Rancor, uma enorme fera carnívora que é como um bichinho de estimação de Jabba, ele tenta comer Luke mas o mesmo consegue mata-lo para a surpresa de Jabba e seus hóspedes, Jabba fica furioso e ordena que Solo,Luke e Chewie sejam levados ao grande poço de Carkoon, no mar das dunas, onde vive a criatura Sarlacc lá Jabba assiste seus inimigos serem dados como alimento para a criatura, Luke é o primeiro mas ele pega seu novo Sabre de luz verde e liberta seus amigos junto com Lando Calrissian (que estava disfarçado de guadrda) com a ajuda de R2, leia se libertar de Jabba e o mata .Após o resgate de Han Solo, a Aliança Rebelde, faz um plano para destruir nova Estrela da Morte ainda parcialmente construída e protegida apenas por um escudo defletor interplanetário, emitido na base imperial na lua florestal de Endor, a partir da qual a estação em construção orbita, uma pequena equipe de assalto deverá passar o bloqueio planetário através de códigos imperiais fornecidos pela rede de espionagem Bothan, desativar a estação emissora do escudo defletor e aguardar a chegada da frota rebelde para destruir da Estrela da Morte antes de esta atingir o nível de funcionalidade para se auto-defender .Ainda assim um pequeno cargueiro imperial consegue passar o bloqueio e infiltrar-se na lua de Endor. É lá que, os rebeldes conhecem os Ewoks, uma raça seres semelhantes a pequenos ursos, com um estilo de vida ainda primitivo e organização social tribal. Contudo os Ewoks mostrar-se-iam essenciais para a destruição da central emissora, inicialmente protegida por uma legião das melhores tropas imperiais, que, segundo o imperador, já aguardavam o assalto rebelde. Através de variadíssimas armadilhas e tácticas de emboscada, os nativos Ewoks, conseguem surpreender as fileiras imperiais e, juntamente com o pequeno exército rebelde, tomar a estação emissora do escudo defletor que é detonada de seguida.
Enquanto isso já a frota rebelde se encontrava no espaço próximo da lua de Endor, pronta a atacar a estação espacial desarmada, caindo em cheio na armadilha montada pelo Imperador. É Lando Calrissian, a bordo da Millenium Falcon que se aperceberá a tempo do esquema imperial, devido à estranha inatividade da massiva frota imperial que se encontrava juntamente em órbita com a Estrela da Morte, avisando o Almirante Ackbar a retirar com as naves para uma distância segura. Uma descarga proveniente da própria Estrela da Morte que destruiu um cruzador Nebulon, revelaria por fim a verdadeira natureza da armadilha - a aniquilação completa da Aliança Rebelde.
Aquando o assalto à estação emissora em Endor, Luke Skywalker, ciente do que o seu destino lhe reserva, decide entregar-se e enfrentar Darth Vader que no filme anterior da saga, Episódio V: O Império Contra-Ataca, se havia revelado seu pai. Luke, previamente avisado por Yoda que a sua prova de fogo para justificar o seu título de Cavaleiro Jedi seria enfrentar Vader, vislumbrava agora uma réstia de luz e bondade no coração do seu pai, enclausurado dentro da horrível armadura mecânica. Luke tentará ainda persuadir o pai a ouvir a sua consciência, mas segundo as palavras do próprio "Agora é tarde demais para mim, filho". Vader levará assim o filho à presença do Imperador Palpatine onde segundo as suas palavras, Luke "se converterá ao Lado Negro ou morrerá".
Confrontando a assustadora presença do próprio Imperador, Luke Skywalker é então constantemente tentado por este a usar a sua raiva para o atacar, completando assim a sua viagem para o Lado Negro da Força. Luke manterá a sua compostura ainda durante algum tempo mas após a revelação da armadilha em que a frota rebelde mergulharia assim que entrasse na órbita da lua, por parte do próprio Imperador Palpatine, seguida da primeira descarga da nova Estrela da Morte que começará a dizimar a frota rebelde ), Luke cego de raiva tentará atacar o Imperador com o seu sabre de luz propositadamente posto ao alcance do mesmo, pelo próprio Palpatine. Vader bloqueará este ataque direto ao seu mestre e assim pai e filho começarão o duelo que decidirá o futuro da galáxia à medida que o lado negro da Força cresce. É contudo neste momento que o destino dá mais uma reviravolta: ao contemplar a verdadeira natureza mecânica da mão decepada do seu pai, Luke ver-se-á assim à luz do seu próprio reflexo comparando a sua mão esquerda, também biónica, com a do seu pai, como uma representação do próprio Lado Negro da Força, ou seja, um poder facilmente adquirível mas horrivelmente deformador a nível interno ainda que exteriormente invisível. Assim num lapso de consciência, Luke recusar-se-á a matar o seu pai e a ocupar o seu lugar como previsto pelo Imperador, declarando de seguida o falhanço deste. É então que num misto de surpresa e raiva o Palpatine atacará Luke com uma poderosíssima descarga eléctrica emanante das suas próprias mãos (claramente um poder de Força do Lado Negro, conhecido no Expanded Universe como Force Lightning ou seja "Relâmpago de Força") que tombará imediatamente o inexperiente Luke a uma agonia sem precedentes. Palpatine estava decidido a destruir Luke, o último dos Jedi ali mesmo e nada o poderia impedir. Na sua agonia Luke suplicaria ajuda ao pai que se encontrava ainda vivo se bem que muito fraco. Os gritos suplicantes d Luke farão, contudo o que os seus apelos não fizeram anteriormente; assim num misto de revolta e de amor pelo seu filho, Darth Vader arremessará o imperador para um poço gradeado que se encontrava na mesma sala que conduzia directamente ao reactor principal da estação, matando instantaneamente o Imperador. Contudo Vader terá pouco tempo para testemunhar a sua própria redenção. Os seus já danificados sistemas vitais, sofreram ainda mais dano devido às descargas eléctricas do Imperador que parcialmente atingiram Vader enquanto este carregava o Imperador para o poço de ventilação onde este encontraria a morte, eliminando todas as hipóteses de sobrevivências do antigo Lorde Sith. Vader terá ainda assim tempo suficiente para um último diálogo com o seu filho Luke, que correrá em seu auxílio após se recompor dos ataques do Imperador. Vader pedirá então a Luke para lhe retirar a sua máscara para o ver por uma última vez com os seus próprios olhos; por debaixo da terrível máscara Luke encontrará apenas um pobre homem deformado pelo lado negro e pela máquina que garantia a sua subsistência, tão diferente da figura imponente que outrora a sua terrível presença emanava. Vader admitirá por fim que Luke estava certo em relação à sua compaixão e bondade e abandonará por fim o mundo dos vivos. Luke tornar-se-á assim no último e simultâneamente no primeiro Jedi da Nova Era.
Pouco depois de Luke sair com o corpo de Vader da Estrela da Morte, as forças rebeldes (lideradas por Lando Calrissian) invadem o interior da estação, pois o escudo havia sido desactivado por Han Solo e Leia, e destroem o reactor principal. A estação colapsa e explode, assinalando a derrota das forças Imperiais e do próprio Imperador (contudo o Império Galáctico iria ainda permanecer durante muitos anos numa longa e dura guerra com a após formada Nova Républica). No final, Luke reunir-se-à com os seus amigos em Endor para festejar a vitória conjuntamente com os Ewoks. Aqui Luke revelará a Leia a sua relação parentesca e consequentemente Leia revelará o mesmo a Han Solo o que oficializará a seu namoro. Luke ainda tem uma visão dos espíritos de Yoda, Obi-Wan Kenobi e seu pai Anakin Skywalker juntos de novo.

Siga-nos
Facebook - Guia de Programação Twitter - Guia de Programação

Publicidade

Guia de Programação - 2019