Publicidade
Publicidade

Jornada nas Estrelas VI: A Terra Desconhecida (Star Trek)
Jornada nas Estrelas VI: A Terra Desconhecida (Star Trek)

Título Original: Star Trek VI: The Undiscovered Country
Ano de Lançamento: 1991
Website:
Gênero: Ficção Científica
Duração: 113
Diretor: Nicholas Meyer

Sinopse
O filme abre com a explosão de uma das luas klingon, Praxis. A USS Excelsior, comandada pelo Capitão Hikaru Sulu, é atingida pela onda de choque, e sua tripulação descobre que grande parte da lua foi obliterada. A perda de sua principal estação geradora de energia e a iminente destruição da camada de ozônio de Qo'noS leva o Império Klingon a um turbilhão. Impossibilitados de manter uma postura hostil, os klingons pedem um acordo de paz com seus inimigos de longa data, a Federação Unida dos Planetas. Aceitando a proposta antes que os klingons adotem uma posição mais agressiva, a Frota Estelar envia a USS Enterprise-A para se encontrar com o Chanceler Klingon, Gorkon, e escoltá-lo para negociações na Terra. A decisão não é bem recebida pelo capitão da Enterprise, James T. Kirk, cujo filho, Marcus, foi morto pelos klingons anos antes.
A Enterprise se encontra com a nave de Gorkon, a Kronos One, e continua sua viagem em direção a Terra, com as duas tripulações dividindo um tenso jantar abordo da Enterprise. Mais tarde naquela noite, a Enterprise parece atirar na Kronos One com dois torpedos; o dano desabilita a gravidade artificial dentro da nave. Durante a confusão, duas figuras usando roupas da Frota Estelar e botas de gravidade são transportados para dentro da nave klingon, matando vários oficiais e ferindo o Chanceler Gorkon. Kirk se rende para evitar uma batalha e se transporta para dentro da Kronos One com o médico da Enterprise, Dr. Leonard McCoy, para tentar salvar a vida de Gorkon. O Chanceler morre e o Chefe do Estado Maior de Gorkon, General Chang, coloca Kirk e McCoy em julgamento por traição. A dupla é declarada culpada e são sentenciados a prisão perpétua no asteróide congelado de Rura Penthe. A filha de Gorkon, Azetbur, se torna a nova Chanceler e continua as negociações diplomáticas. Por motivos de segurança, o local da conferência é mantido em segredo. Enquanto muitos oficias desejam resgatar Kirk e McCoy, o Presidente da Federação se recusa a tomar o risco de iniciar uma guerra total. Azetbur também se recusa a invadir o espaço da Federação, dizendo que apenas Kirk e McCoy pagarão pela vida de seu pai.
Kirk e McCoy chegam nas minas de Rura Penthe e são instruídos pela metamorfa Martia, que oferece a eles uma rota de escape; que na realidade é um estratagema para fazer suas mortes parecerem um acidente. Uma vez que sua traição é revelada, Martia se transforma em uma cópia de Kirk e começa a lutar contra ele, porém ela é morta pelos guardas da prisão para silenciar possíveis testemunhas. Pouco antes do chefe da prisão revelar quem os havia traído, Kirk e McCoy são transportados de volta para a Enterprise pelo Capitão Spock. Enquanto os dois estiveram presos, Spock assumiu o comando da nave e conduziu uma investigação sobre o ataque a nave de Gorkon e seu assassinato. Determinando que a Enterprise não disparou os torpedos, os dois assassinos provavelmente continuam abordo, e a tripulação começa a procurá-los. Os dois assassinos são encontrados mortos, mas Kirk e Spock enganam o cúmplice para que ele acredite que os dois ainda estão vivos. Quando o culpado chega a enfermaria para terminar seu trabalho, Kirk e Spock descobrem que a assassina é a protegida de Spock, Valeris. Para descobrir a identidade dos conspiradores, Spock realiza um elo mental forçado nela, descobrindo que um grupo de oficiais klingon, da Federação e romulanos estão planejando sabotar os acordos de paz, e Chang é um dos conspiradores. Os torpedos que atingiram a Kronos One vieram de um protótipo de Ave de Rapina que podia disparar suas armas ainda camuflada, pairando debaixo da Enterprise no momento do assassinato.
A tripulação contacta Sulu, que informa que as negociações estão ocorrendo em Campo Khitomer; ambas as naves se dirigem ao local em dobra máxima. Enquanto a Enterprise se aproxima do planeta, a Ave de Rapina camuflada de Chang os intercepta. Com a Enterprise não conseguindo determinar a posição da nave, Chang inflige danos severos à Enterprise, e depois à Excelsior. Spock e McCoy conseguem modificar um torpedo para que ele fosse guiado pelas emissões de calor dos motores da nave de Chang. O impacto do torpedo revela a localização de Chang, e a Enterprise e a Excelsior destroem a Ave de Rapina. Tripulações de ambas as naves são transportadas até a conferência para impedir o assassinato do presidente da Federação, sendo bem sucedidos. Azetbur diz que Kirk restaurou a fé de seu pai; Kirk responde que ela restaurou a fé de seu filho. Tendo salvado as negociações de paz, a Enterprise é ordenada pelo Comando da Frota a retornar para a Terra para ser aposentada, porém a tripulação decide demorar um pouco em sua jornada de volta. Enquanto a Enterprise vai se aproximando da estrela do sistema, Kirk proclama que embora essa seja a missão final da Enterprise em seu comando, novas gerações irão continuar as viagens, "Audaciosamente indo onde nenhum homem, onde ninguém, jamais esteve".

Siga-nos
Facebook - Guia de Programação Twitter - Guia de Programação

Publicidade

Guia de Programação - 2019